Fábrica 4: Estruturas Básicas

Aprenda tudo sobre Licores

Produção de Licores em Escala Industrial

Estrutura Básica na Fábrica de Licores
15 - FORMULAÇÕES
A formulação é feita a partir da mistura dos ingredientes (álcool, princípio aromático, água e açúcar) em proporções preestabelecidas.

Dentre as maneiras mais conhecidas de se produzir licores, a mais utilizada consiste em misturar o álcool com o princípio aromático e deixar em infusão por determinado tempo.

Separadamente, prepara-se o xarope com açúcar e água fervente.

Após o resfriamento completo, adiciona-se o xarope á infusão já coada, mistura-se, espera-se decantar

e, em seguida, fazem-se as filtrações necessárias até resultar no licor propriamente dito.

16 - OS PRINCIPAIS INGREDIENTES EMPREGADOS SÃO:

Água: pode-se usar os tipos:
- Destilada e desmineralizada = é a melhor pois está livre de impurezas sendo 100% pura - ideal para fábricas;
- Destilada = Está livre de impurezas e adequada para fábricas e licor artesanal caseiro;
- Filtrada = Pode ser usada na falta da água destilada. Somente use para fazer licor artesanal caseiro;
- NUNCA USE água mineral = Os minerais reagem com o alcool e alteram o sabor do seu licor.

Álcool etílico de cereais ou aguardente de qualidade: o álcool deve ser retificado (absoluto ou de cereal), com um teor entre 85º GL e 95º GL, aproximadamente 33º a 40º cartier, puro e incolor, para não dar sabor desagradável. Preferencialmente deve-se utilizar o álcool de cereais.

Outra opção, mais barata e mais fácil de encontrara em algumas regiões é a aguardente, que deve ser desodorizada e de boa qualidade, para evitar alterações no aroma do licor.

Entretanto, os manuais técnicos e produtores recomendam a utilização do álcool de cereais, que confere melhor qualidade ao ponto final. Desta forma, prefira o álcool de cereais para garantir sucesso ao seu produto !!!

• Uma parte de álcool equivale aproximadamente a duas partes de aguardente. Outras bebidas alcoólicas, como o rum e a vodca, podem ser utilizadas para a fabricação do licor.

Açúcar: refinado ou cristal. O açúcar refinado é melhor principalmente para licores finíssimos e para os incolores, porque além de dissolver-se mais facilmente na água, não passa cor ou sabor à solução.

• O açúcar cristal só é bem dissolvido a quente e pode conferir ligeira ou forte tonalidade ao licor, conforme o seu grau de pureza. Pode ser batido no liquidificador para ficar mais diluído e facilitar o manuseio, na impossibilidade de uso do refinado.

Princípio aromático: são as frutas (polpa, cascas e sementes), flores, folhas, cascas, raízes e extratos naturais que dão aroma e sabor ao licor. A base da substância aromática é o óleo essencial que a matéria-prima contém e se dissolve bem no álcool.

17 - ESTRUTURA BÁSICA DO LICOR
clique para ampliar
Voltar ao Índice Geral de Fabricar Licores
este artigo já foi visto 32553 vezes
Comentários ou dúvidas sobre:
Fábrica 4: Estruturas Básicas
Muito interessante esta apresentação. Go...

Sugestões para vc aprender de tudo
ache bem fácil. digite algo !!
Página Inicial dos Cursos
Videos Aulas com Novidades
Clube Momento da Arte
visite a Loja Atacarejo Momento da Arte